Ετικέττα : fernando-pessoa

Fernando Pessoa – Quote-mania #96

Why is art beautiful? Because it’s useless. Why is life ugly? Because it’s all aims, objectives, intentions. All of its roads are for going from one point to another. If only we could have a road connecting a place no one ever leaves from to a place where no one goes! If only someone would devote his life to building a road from the middle of one field to the middle of another – a road that would be useful if extended at each end, but that would sublimely remain as only the middle stretch of a road!


Fernando Pessoa – Quote-mania #93


O coração,


se pudesse


pensar,


pararia.



* Could it think, the heart would stop beating.

Fernando Pessoa – Quote-mania #89


Um tédio

que inclui a antecipação só de mais tédio; a pena, já, de amanhã ter pena de ter tido pena hoje.


Fernando Pessoa – Quote-mania #79


Serei o que quiser.


Mas tenho que querer o que for.


O êxito está em ter êxito,


e não em ter condições de êxito.



Fernando Pessoa – Quote-mania #78



* Blessed are those who never entrust their life to no one.

Benditos, também, os que não confiam a alma a ninguém.

Fernando Pessoa – Quote-mania #59

O que é doença é desejar com igual intensidade o que é preciso e o que desejável, e sofrer por não ser perfeito como se se sofresse por não ter pão.


O mal romântico é este: é querer a lua como se houvesse maneira de a obter.

* What is a disease is wishing with an equal intensity what is needed and what is desirable, and suffer for not being perfect as you would suffer for not having bread. The romantic error is this wanting the moon as if there was a way to get it.

Fernando Pessoa – Quote-mania #54


Ser


compreendido



é


prostituir-se.



* Δυό κιλά… εύσημα για τον Κύριο, παρακαλώ!
(Για τους μη-lusophones : Γίνομαι κατανοητός = Εκπορνεύομαι)

Fernando Pessoa – Quote-mania #50

Sou todas essas coisas, embora o não queira, no fundo confuso da minha sensibilidade fatal.

 

Fernando Pessoa – Quote-mania #44


Nunca amamos niguém.Amamos, tão-somente, a ideia que fazemos de alguém. É a um conceito nosso — em suma, é a nós mesmos — que amamos.



* Πόσο θέλω να διαφωνήσω με τον Πορτογάλο…

Fernando Pessoa – Quote-mania #41

Não há felicidade senão com conhecimento.

Mas o conhecimento da felicidade é infeliz;

porque conhecer-se feliz é conhecer-se passando pela felicidade,

e tendo, logo já, que deixá-la atrás.

Saber é matar, na felicidade como em tudo.

Não saber, porém, é não existir.



Από το “Βιβλίο της Ανησυχίας”… φυσικά…

* There is no happiness without knowledge. But knowledge of happiness is unhappy; for knowing ourselves happy is knowing ourselves passing through happiness, and having to, immediatly at once, leave it behind. To know is to kill, in happiness as in everything. Not to know, though, is not to exist.